DIdi Krepinsk

Reserve Aqui28/06/2017

Um dos meus lugares prediletos para ir durante o verão na Europa é a ilha de Capri, na Itália! Os motivos são muitos, mas o que eu mais gosto é o fato de que o tempo passa e nada muda por aqui! É muito gostoso você voltar para um lugar onde você conhece tudo, os endereços secretos, os seus restaurantes favoritos. A primeira vez que fui para Capri eu devia ter uns 15 anos, e hoje, outros 15 depois kkk, tudo continua igual! Capri tem um charme especial e a melhor hora do dia é no final da tarde quando os “day tourists” vão embora no último ferry e só fica quem está hospedado na ilha! Se você me perguntar quais são as três primeiras coisas que vêm à cabeça quando alguém fala Capri, eu responderia: o aroma da casquinha de sorvete feita na hora, o QUISI bar e os barchettos”! Como muitos pediram dicas de Positano, Amalfi e Sorrento, resolvi incluir aqui também os melhores restaurantes na Costa Amalfitana. Espero que gostem! ?

CAPRI

PASSEIOS

Visite Ana Capri para vivenciar o lado mais calmo e autêntico da ilha, longe dos turistas. O vilarejo fica a apenas 3 km de distância do centrinho de Capri e leva apenas 10 minutos para chegar lá. Pegue o ônibus na estação do centrinho, ao lado da piazzetta – ele sai a cada 15 minutos.  Dê uma volta pela vila e aproveite para visitar a Villa San Michele, uma linda casa situada no topo da montanha com uma incrível vista de Capri abaixo. Num dia bonito, para a melhor vista panorâmica da ilha, vá ao topo do Monte Solaro, o ponto mais alto da ilha. Para chegar lá você pode subir a pé por uma trilha ou então optar pelo teleférico (“seggiovia”). Outro lugar com vistas incríveis é o Faro, o farol da ilha, situado no topo de uma rocha chamada Punta Carena. Para chegar aqui você pode pegar um ônibus ou fazer uma caminhada.

Alugue um “barchetto”, o barco típico da região, e dê a volta na ilha. Não parece, mas Capri é relativamente grande então vesse passeio vai ocupar o dia todo! Visite as grutas e pare para mergulhos no seu próprio ritmo! Aproveite para conhecer a famosa Grotta Azzurra e passar pelos Faraglioni. Reza a lenda que se você beijar seu par enquanto estiver passando no meio do arco do Faraglione di Mezzo, isso lhe trará sorte!

Alugue um barco offshore e visite a Costa Amalfitana. Aproveite para conhecer e almoçar em lugares como Positano, Sorrento e Nerano.

Caminhe pela Via Tragara até chegar no hotel Punta Tragara. As vistas daqui são lindas e o caminho é todo florido! Aproveite para matar a sede pelo caminho com uma “granita di limone”. Depois, visite os Giardini di Augusto, conhecidos originalmente como Giardini Krupp. Daqui você tem uma vista panorâmica de 180º da ilha – é possível avistar a baía de Marina Piccola, os Faraglioni e o Monte Solaro.

Não deixe de tomar um sorvete no R. Buonocore. Vale mais pela maravilhosa casquinha feita na hora! O local fica na Via Vittorio Emanuele, entre a piazzetta e o hotel Quisisana, mas não se preocupe – deixe os aromas te guiarem…impossível não cair em tentação! Kkk. No final da tarde, por volta das 6/7 pm, faça uma passegiata como os italianos e sente em algum café da piazzetta para tomar um aperitivo e observar o movimento.

RESTAURANTES PARA O ALMOÇO

Tome sol nas pedras e almoce no beach club La Fontelina, em Punta Tragara. Para chegar lá, percorra a trilha que começa no final da Via Tragara e desça a escadaria até o mar! Mas não se preocupe, na volta você pode pegar um barquinho até a Marina Piccola se não quiser voltar a pé pelo mesmo caminho hahaha. Eu sinceramente voltei uma vez só pra nunca mais! Kkk. Quando chegar na Marina Piccola, pegue um ônibus até a piazzetta, ou, se tiver sorte e encontrar um taxi dando sopa por lá, não pense duas vezes!

O restaurante Il Riccio é um dos meus favoritos, além de ser um dos mais bonitos da ilha! Todo azul e branco, ele fica em Ana Capri, então recomendo almoçar aqui no dia que você fizer a volta da isola no barquinho! É mais fácil! Sou apaixonada pelos “lupini” (vongole local) daqui! Costumo pedir um prato enorme só disso e vem com um pão caseiro quentinho para mergulhar no caldinho no final! O “fritto misto” de entrada também sai muito! A sobremesa é um capítulo à parte: coma com os olhos ou se jogue no buffet de sobremesa montado dentro de uma linda sala amarela e azul! Vai ser difícil de resistir! Por fim, ao invés do limoncello, peça um “sgroppino” junto com o seu café para dar aquela refrescada! O “sgroppino” é basicamente sorbet de limão batido com prosecco e vodka, e é um dos meus drinks favoritos! A famosa Grotta Azzurra fica literalmente embaixo do restaurante, então a melhor parte é esperar os barcos das excursões irem embora no final da tarde, para poder entrar nadando dentro da gruta! Durante o dia é proibido nadar dentro dela, por isso esse momento é tão especial!

Outro beach club gostoso é o tradicional Bagni di Tiberio, perto da Marina Grande. A cor da água aqui é linda e o restaurante é bem despretensioso e descontraído! É uma ótima opção para quem estiver com crianças.

No dia que você alugar um barco maior para passear pela Costa Amalfitana, não deixe de almoçar no restaurante Lo Scoglio, em Nerano, ou no Il Conca del Sogno, em Marina del Cantone, ao lado de Nerano. Eu e minha família gostamos tanto desses dois restaurantes que costumamos repetir o programa outro dia só para poder comer nos dois! Hahaha. No Lo Scoglio, a pedida é o famoso “spaghetti con le zucchini alla nerano”– você não vai se arrepender, é MUITO bom!! Se você não gosta de abobrinha, prove o “spaghetti con pomodorini gialli”, também sensacional! A cor amarelada do tomate é surreal e dá um sabor incrível! No Conca, peça de entrada os “fiori di zucca” recheados – é o favorito da minha mãe! ?

RESTAURANTES PARA O JANTAR

Em Capri, gostamos de sempre repetir os clássicos! O Villa Verde fica pertinho do hotel Quisisana, bem no centrinho, e é um lugar animado, especialmente aos finais de semana na alta temporada. Na entrada, centenas de fotos de celebridades e artistas que já visitaram o local. O bom aqui são as pizzas, mas o cardápio tem de tudo! Reserve uma mesa no terraço!

A melhor pizza da cidade você come no Zodiaco, embaixo no porto de Marina Grande. O lugar é mais simples, mas a pizza mais saborosa! Kkk. Se você preferir algo mais badalado e descolado, vá na Pizzaria Aurora, perto da piazzetta. Eles servem outros pratos aqui também, mas a pizza é o forte! A acústica do lugar é péssima e o restaurante em si é meio apertado, então se puder, tente reservar uma mesa no terraço. Vive lotado!

O restaurante Il Geranio fica escondido atrás do Quisisana, mas é super charmoso, no meio de flores e árvores. De dia você consegue enxergar a linda vista do terraço! Ele é mais calmo e romântico que os outros, perfeito para quem busca comer bem numa noite tranquila. Seguindo a mesma linha, o Le Grottelle fica mais distante do centrinho (20 minutos a pé), mas vale a pena! Além da vista incrível, a comida é top! Os pratos são simples, mas trazem o melhor da cozinha caprese. Experimente o ravioli caseiro, é uma delícia! Fica perto do Arco Naturale.

E por último, para uma ocasião especial ou experiência gastronômica, jante no L’Olivo, o único restaurante da ilha que possui duas estrelas Michelin! Ele fica dentro do hotel Capri Palace, em Ana Capri.

Não deixe de conhecer o restaurante Da Paolino. Não dá para ir a pé da piazzetta, porque ele fica mais embaixo, perto do hotel JK Place e da Marina Grande. Escondido numa ruazinha, o restaurante vale a visita só pelo cenário! Ele é construído no meio dos limoeiros, é muito bonito, e não surpreende que tudo no cardápio tem um toque de limão! Kkk. O restaurante possui um caprichado buffet de antipasti para você se servir e montar suas entradas. De prato principal, sugiro provar a massa ou qualquer outra coisa que seja “al limone”! Não tem erro hahaha. Para fechar com chave de ouro, peça o limoncello da casa!

COMPRAS

As melhores ruas para compras são: Via Vittorio Emanuele, Via Camerelle e a Via le Botteghe. Nas duas primeiras você encontra todas as principais grifes! Não saia de Capri sem comprar um frasco de perfume com seu aroma mediterrâneo predileto na Carthusia. Fica na Via Camerelle, ao lado do hotel Quisisana. Outro item indispensável é uma garrafa de limoncello de Capri!

Faça suas próprias sandálias caprese (rasteirinhas) em uma das muitas lojinhas de sapato espalhadas pela ilha. Em Ana Capri tem muitos artesãos locais bons. Você pode escolher tudo – o couro, a cor, o formato e as pedras. Ela é moldada no seu pé na hora! Alguns fazem tudo na mesma hora enquanto outros pedem menos de 24 horas. Difícil vai ser escolher e levar só uma! Kkk. Elas costumam ter um preço razoável!

A boutique do Il Riccio fica escondida embaixo do restaurante, mas vale dar uma olhada! As lindas louças do restaurante são vendidas aqui (eles despacham para o Brasil se você não quis carregar tudo), além de outros itens exclusivos feitos especialmente para o Il Riccio, como um shorts Villebrequin com ouriços (“ricci” em italiano) bordados à mão. E não adianta, tudo isso você só encontra aqui!

BY NIGHT

Tome um drink no badalado QUISI BAR no terraço do hotel Quisisana. O legal aqui é ficar observando o movimento e as pessoas passando! Peça um “rossini” (champagne com purê de framboesa) e belisque os aperitivos servidos juntos. Os drinks aqui são bem caros, mas a localização é imbatível.

Se você quiser animar e esticar a noite, vá na balada No. 2 ou então na Taverna Anema e Core, o tradicional bar com música ao vivo da cidade, MUITO divertido por sinal. Só indo para saber! Kkk.

COSTA AMALFITANA

Em Sorrento, almoce no simples mas divertido Trattoria da Emilia. Situado na beira do mar, esse pequeno restaurante sem frescuras é administrado pela família do dono, e tudo aqui é do mais fresco e feito na hora! O Ristorante Bagni Delfino também fica na praia e é uma boa opção para o almoço. Aqui nunca tem erro. No final do dia, tome um drink no terraço do hotel Maison La Minervetta. Além da vista, a decoração do hotel é linda – tudo é azul, branco e vermelho! À noite, jante no Il Buco, um dos melhores restaurantes da região com uma estrela Michelin.

Situado na península de Sorrento, na Massa Lubrense, o restaurante do hotel boutique Don Alfonso 1890 é um clássico! O hotel é um Relais & Chateaux então isso já diz tudo sobre a comida do lugar né?! Para quem não sabe, um dos requisitos para se tornar membro dessa prestigiosa marca de hotéis é ter um restaurante gourmet. No cardápio você encontra pratos tradicionais da região com toques inovadores e modernos, e o chef utiliza somente ingredientes frescos cultivados na sua própria fazenda! A carta de vinhos é ENORME. Número de estrelas Michelin: 2!!

Situado ao lado de Sorrento, em Sant’Agnello, o hotel Parco dei Principi possui um excelente restaurante e agradável beach club para passar o dia. O hotel é lindo!

Em Amalfi, os melhores restaurantes são o Ristorante Marina Grande e o La Caravella. O Marina Grande é administrado pela própria família que é dona, fica na beira do mar e possui excelente vista! A comida aqui é saborosa, tradicional e simples, sempre fazendo uso dos ingredientes locais. Já o La Caravella possui uma estrela Michelin. Ele não tem vista, mas a comida compensa!

O “rei” de todos os restaurantes com estrelas Michelin na Costa Amalfitana fica em Vico Equense – é o magnífico Torre del Saracino. Dica: prepare o seu bolso hahaha.

Em Positano, jante uma noite no restaurante estrelado do hotel Il San Pietro e na próxima no restaurante do hotel Le Sirenuse. Para almoçar, a indicação é o restaurante Da Adolfo, queridinho das celebridades. À noite, vá no Franco’s Bar, o novo local ao lado do Sirenuse que pertence ao mesmo dono.

Related Posts

Solicitação de reserva

Você optou por receber informações sobre esta viagem

URL:

Voltar