DIdi Krepinsk

Reserve Aqui 26/08/2016

Sem dúvida Mykonos é meu lugar predileto! Primeira vez que pisei na ilha foi em 2008 e desde então vou todo ano. Todo ano quando vou embora me prometo que na próxima vez vou ficar mais tempo, mas eu acabava ficando sempre uns 4/5 dias apenas. Esse ano eu finalmente cumpri minha promessa e fiquei 10 dias na ilha mais charmosa do mundo!! E confesso – teria ficado mais 10 dias fácil fácil! Não sei o que acontece mas os dias passam muito rápido! Faltam horas nos meus dias para fazer tudo que tenho vontade. Ano que vem já resolvi que vou alugar uma villa lá por 2 semanas!! Já estou ansiosa hahaha É engraçado – ao mesmo tempo que os dias passam muito rápido, eles são longos e rendem muito! Contraditório, eu sei… mas eles rendem pois o sol queima até tarde e só se põe as 10pm, e as noites vão até altas horas da manhã, só que tem TANTA coisa para fazer e ver na ilha todo dia que você não dá conta nem se quisesse! E olha que eu tento viu?! Quem me conhece sabe que sou hiperativa em viagens e não paro quieta, procurando usufruir ao máximo cada minuto!

Feliz por estar ficando 10 dias na minha ilhota, montei uma programação intensa hahaha com todos os restaurantes que queria ir almoçar e jantar! Coitada – até parece que eu consegui ir em todos! Acabamos pulando vários jantares, especialmente nos dias que fomos ao Scorpios. O jeito foi pedir room service mesmo ou se contentar com um crepe no centrinho depois da festa. Aliás, aqui vai uma dica – os crepes do centrinho são INCRÍVEIS!! Vale muito trocar uma refeição por um crepe hahaha e um dos lugares ainda tem nutella branco!!! Sério, é muito bom! Mykonos não se resume a sol, praia e balada – é um paraíso para os foodies e amantes da gastronomia! Come-se MUITO bem na ilha. A diversidade e a qualidade surpreendem! Uma notinha sobre o horário do jantar: aqui tudo começa mais tarde, portanto, o ideal é fazer a reserva para 11:30/12am! Antes das 11pm esqueça – o restaurante estará vazio!

Outro dia li num artigo online a melhor descrição que já vi da ilha: “Name me a place where, within two days of your arrival, your stress level disappears, you look like you had a multi-thousand-pound facelift, you all of a sudden appear fitter, thinner and more attractive, and your energy levels explode”.  Mykonos é exatamente isso pra mim. Não sei explicar, mas é a energia, o astral, a vibe (chame do que quiser) da ilha que encanta. Os locais dizem que essa energia toda vem da mística Ilha de Delos. Não existe nenhum outro lugar (não encontrei pelo menos) igual! Mykonos tem tudo para todos os gostos: o caro, o barato, o turístico, o privado e exclusivo, o espetacular, o simples, o high-end, o tradicional, o famoso, o desconhecido, o escancarado e o escondido. Basta saber onde procurar o que você busca. Ahh e não se engane – mykonos não é a “ilha dos gays”. Claro que tem, mas isso é apenas um dos muitos lados dessa ilha multifacetada.

 

img_4036

 

Me hospedei no hotel Mykonos Blanc, na praia de Ornos. O hotel é super novo, inaugurou ano passado. Como o nome sugere, ele é inteiramente branco!! hahaha Os quartos são enormes e todos possuem varandas ou terraços. O painel da TV e o chuveiro são bem modernos! Eu e minha amiga ficamos numa Jr Suite e para nossa surpresa a varanda tinha uma jacuzzi fantástica! hahaha O concierge do hotel foi bárbaro, super eficiente. Há tempos não via alguém tão prestativo! Ele cuidou de tudo: o aluguel do carro (é necessário já que quase não tem taxi na ilha), transfers, reservas de restaurantes, cadeiras na praia, baladas, etc. Escolhemos o hotel pela localização – Ornos fica 5 mins de carro do centrinho, e por ser pé na areia. Gostei muito do hotel.

 

Agora vamos lá! Minha programação para os 10 dias foi:

 

20/07 – QUARTA
 
ALMOÇO: Buddha Bar Beach

É o primeiro do mundo. Fica dentro do hotel Santa Marina, bem acima da praia, num grande terraço com vistas lindas do mar turquesa. O ambiente é super agradável, todo aberto.  O menu combina tradição e modernidade, mantendo-se fiel à filosofia do fundador do buddha bar, e incorporando também bastante frutos do mar, típico da região. O Mojito daqui é excelente e bem refrescante!

 

JANTAR: Interni

É sempre o lugar do primeiro jantar! Super badalado e animado, é um dos restaurantes mais legais de Mykonos. É um clássico – já existe há muito tempo. Escondido dentro de um lindo jardim no coração do centrinho (mykonos town), o restaurante foi inspirado e desenhado pela renomada designer Paola Navone. A cozinha é basicamente mediterrânea mas tem muitos pratos internacionais. A comida é deliciosa e o serviço é excelente. O bar no meio do jardim torna a (inevitável) espera agradável.

 

 

Como chegamos muito ansiosas, a primeira noite já foi uma maratona hahaha Fomos no Astra, depois na Moni e terminamos a noite na Guzel! O Astra é um bar/baladinha que existe há 28 anos! Sempre tem gente bonita e a área interna do bar acaba virando uma pista de dança. Geralmente, as noites começam aqui – pessoal toma um drink após o jantar antes de seguir para as baladas/festas. Esse ano a Moni foi o “it place to be”! O som melhorou muito! A balada é mini, toda branca e à luz de velas. Lota cedo e só gente bonita e conhecida. Já a Guzel é lendária! Uma instituição da ilha, todas as noites acabam aqui hahaha A Guzel fica no porto e a balada só começa a ficar boa a partir das 3am e vai até o sol raiar!! kkk

 

21/07 – QUINTA

 

ALMOÇO: Hippie Fish

O restaurante é elegante porém despretensioso, todo branco, na praia de Agios Ioannis. No cardápio muitos frutos do mar e sushi! É um lugar legal para tomar sol – as cadeiras de praias são super confortáveis. Entretanto, acabamos não indo (primeiro strike hahaha). Acordamos tarde e decidimos focar no bronze e tomar sol na praia do nosso hotel. Comemos por lá mesmo e por volta das 7pm fomos para o Scorpios para o sunset party. As festas do Scorpios são as melhores da ilha sem dúvida. Desbancaram o Nammos, que agora virou lugar de gente feia e cafona. O lugar abriu ano passado justamente para concorrer com o Nammos e foi sucesso instantâneo. O conceito por trás do lugar é bem bacana. Aqui você encontra a maior quantidade de pessoas bonitas da ilha. Os sunsets acontecem toda terça, quinta e domingo e começam a partir das 19hs e terminam 1/2am. O Scorpios fica do lado de Paraga Beach.

 

JANTAR: Uno Con Carne

Um steakhouse e oyster bar. Tem menu de sushi também. Esse restaurante também fica escondido em um jardim. É uma opção legal para o jantar. Mas claro que nem fomos jantar, pois saimos do Scorpios e capotamos (strike 2)!!

 

22/07 – SEXTA

 

ALMOÇO: Alemagou

Fica em Ftelia. O ambiente é super relax e a comida muito boa! Almoçamos e ficamos para a festa Rumors de Guy Gerber que ia ter. Essa festa acontece todo domingo em Ibiza durante o verão, mas em Mykonos foi um evento único. Desmontaram o restaurante para isso. Foi super legal. De qualquer maneira, o Alemagou é um lugar delicioso e despretensioso para relaxar e curtir uma tarde ensolarada na praia. Tem música ambiente para “chill out”. Ahh, a boutique daqui é muito boa!

 

 

JANTAR: Nobu Matsuhisa

O Nobu dispensa apresentações.  Localizado dentro do hotel Belvedere no centrinho, à beira da piscina. O lugar é lindo! No menu você encontra pratos clássicos como o black cod e o crispy rice, mas também pratos criados exclusivamente para o restaurante de Mykonos, utilizando ingredientes tradicionais gregos cuidadosamente selecionados. Durante o verão, por um breve período, o próprio Nobu comanda a cozinha. No passado a comida não andava muito espetacular mas esse ano estava tudo muito bom!! 

 

belvedere_matsuhisa_mykonos_6

 

23/07 – SÁBADO

 

ALMOÇO: Solymar

Em Kalo Livadi. A praia é super gostosa, mas venta bastante! Se acordar cedo, tome sol nas cadeiras lá! Mas tem que reservar! O cardápio do restaurante é um pouco eclético hahaha mas a comida é boa! Aos finais de semana o restaurante costuma ficar animado com música bem alta! Depois do almoço passamos na festa que estava tendo no Nammos, mas não ficamos muito! Montaram uma estrutura enorme na areia, bem legal!

 

JANTAR: Sea Satin 

Se tem um programa imperdível em Mykonos, é jantar no Sea Satin. O restaurante de frutos do mar é clássico grego! Fica em Little Venice, abaixo dos moinhos. É enorme e todo branco. Vive lotado, especialmente nos finais de semana, toca música grega e todo mundo dança em cima das mesas, quebra pratos e copos, rodando o guardanapo no ar…divertido demais! hahaha Eu amo! Acabamos o jantar quase 3am!!! Aí fomos para Moni de novo.

 

020620123717-jpg

 

24/07 – DOMINGO

 

ALMOÇO: Kiki’s

O restaurante Kiki’s é uma instituição! Antigamente era um segredo bem guardado entre os locais, mas hoje em dia muitos já frequentam esse micro restaurante. Não tem eletricidade aqui, tudo é feito no forno à lenha ou na grelha! A comida é deliciosa! Como ficou conhecido, a fila de espera é sempre grande. Eles não aceitam reservas, é “first come first served” então o jeito é esperar mesmo. Também só aceitam pagamento em dinheiro! O kiki’s fica em Agios Sostis, num morro acima do mar, garantindo vistas lindas de uma das praias mais belas da ilha! Aproveite a espera para dar um mergulho no mar!  Infelizmente, acabamos indo para a praia privada do hotel Santa Marina (nosso vizinho) e comemos por lá no Buddha Bar de novo. A praia é muito linda, então valeu a pena.

 

 

JANTAR: Familia

Restaurante super informal, no centrinho. É super bonito, fica debaixo de uma pergola inteiramente coberta por primaveras!!! Mas para variar acabamos não indo, pois ficamos no Sunset do Scorpios até tarde. Come-se tarde em Mykonos, mas nem tanto hahaha

 

 
 
25/07 – SEGUNDA
 
ALMOÇO: Panormos
Fica na praia de Panormos, uma das mais protegidas do vento na ilha. Até o ano passado, o local era meio hippie. Esse ano investiram e reformaram o restaurante inteiro, apostando num novo conceito, bem mais luxuoso. Até mudaram o nome! O novo “Principauté de Mykonos” ficou lindo, bem zen e perfeito para relaxar, bater papo, tomar um drink e comer bem. A boutique está ótima por sinal! Chapéus de palha pintados à mão, marcas legais de saída de praia… Comemos super bem. Como hoje não tinha festa à tarde, aproveitei para dar um “giro” no centrinho depois do almoço e fazer umas comprinhas! Para saber mais sobre as lojinhas de Mykonos clique aqui.

 

JANTAR: Katrin
Um clássico de Mykonos – no Katrin você encontra o melhor da culinária grega e francesa. Peça uma mesinha na rua, do lado de fora para observar as pessoas passando. Fica no centrinho também. Fiquei arrasada que não fui esse ano, mas a turma queria jantar no Nobu então comi lá mais uma vez hahaha Depois do jantar fomos na Moni e terminamos na Guzel.
 
 
26/07 – TERÇA

 

ALMOÇO: Spilia 

O restaurante na linda praia de Kalafatis é um “must go”! Pequeno e super charmoso, fica escondido entre as pedras, então é um pouco difícil de achar mas tem um caminho pelas pedras que leva até lá. No cardápio apenas frutos do mar – os mais frescos possíveis. Eles tiram do mar e abrem a casca do ouriço (uni) na hora! A caminho do banheiro você encontra polvos secando no sol..hahaha O carro chefe da casa é o lobster pasta! Tem que pedir! Antes de ir para o restaurante fui para Agios Sostis dar um mergulho. A praia é um paraíso escondido, longe dos turistas. Com areia dourada e água verde esmeralda, aqui não tem cadeira, barraca, guarda-sol nem bar! É a praia dos locais. Tem que conhecer.

 

 
JANTAR: Interni
Não jantamos!! Fomos para o Scorpios novamente depois passamos numa private party que não estava muito boa então acabamos voltando para o centrinho e fomos no Astra.
 
 
27/07 – QUARTA

 

ALMOÇO: Nammos

O restaurante mais famoso! Reserve uma mesa na parte externa e prepare-se para esperar MUITO mesmo tendo reserva. O bom é que você pode sentar no bar, pedir um drink e umas entradinhas enquanto espera. Tome um frozen daquiri de maracujá (meu predileto) ou um frozen mojito. A comida aqui é excelente!! Na parte interna do restaurante, a música bomba e vira balada, uma zona. Antigamente era muito legal, eu ficava até anoitecer, mas hoje em dia a frequência caiu e ficou bem vulgar então não recomendo!! Tanto que não ficamos depois do almoço. A parte externa é boa pq vc come bem, ao ar livre com os pés na areia! O Nammos fica na praia de Psarou. A água é transparente!

 

 

JANTAR: Ling Ling

Do grupo londrino Hakkasan. Abriu ano passado mas não gostei muito, pois estavam meio atrapalhados e faltou comida. Resolvi tentar esse ano e valeu a pena! A comida estava excelente!! Muito boa! O restaurante é distribuído em 2 andares, tem vários ambientes diferentes, tudo meio escurinho…bem legal! Tem um jardim interno grande! Depois do jantar fomos ver o Robin Schulz tocar na Cavo Paradiso, mas confesso que não amei! A Cavo é uma balada gigante que vai até 10/11am. No verão, todos os grandes DJs tocam aqui. P.S. – o nascer do sol aqui é lindo.

 

 
28/07 – QUINTA

 

ALMOÇO: Scorpios

Sabe a expressão “save the best for last”? Pois bem – no meu último dia almoçei no Scorpios. Para mim é o melhor restaurante em todos os sentidos. Muita gente bonita, ambiente cool e comida DELICIOSA. Não recomendo tomar sol aqui pq a praia não é muito bonita e o acesso ao mar é meio ruim. Vá para o almoço e depois estique na sunset party. Foi exatamente o que fiz hahaha

 

 

A PRAIA

 

JANTAR: Kalita

O Kalita tem cozinha grega e como a maioria dos restaurantes em Mykonos, fica escondido em um jardim interno. Mas não fomos, acabei comendo um crepe no centrinho e indo no Astra.

Como vocês podem ver, Mykonos é a ilha que nunca dorme!! Não parei hahaha Que venha Mykonos 2017!

Related Posts

Solicitação de reserva

Você optou por receber informações sobre esta viagem

URL:

Voltar