DIdi Krepinsk

Reserve Aqui07/12/2016

A cidade de Nova Iorque tem um número impressionante de museus e galerias! Os quarteirões entre a 82nd Street e 105th Street da Quinta Avenida compõem o “Museum Mile”, nome dado pela Prefeitura em 1979 pelo grande número de museus que existem nessa área – nove! O Guggenheim e o The Met são alguns deles. Entre os inúmeros museus da cidade e galerias de arte, os elencados a seguir merecem destaque. Vale lembrar que os restaurantes dos museus The Met, Whitney e MoMA são excelentes opções para o almoço! Faça uma pausa no seu tour e depois continue sem pressa — super prático!

 

MET BREUER

Recentemente inaugurado, o museu Met Breuer é um programa imperdível para quem curte arte dos séculos XX e XXI. O edifício na Madison Avenue que abrigou durante anos o Whitney Museum of American Art, agora traz um programa de arte moderna e contemporânea do Metropolitan Museum para incluir uma nova série de exposições, performances, residências e iniciativas educacionais.

 

The Met Breuer

 

WHITNEY MUSEUM OF AMERICAN ART

O Whitney Museum Of American Art agora está com endereço novo — a sede fica no Meatpacking District, entre o High Line e o Hudson River. Com um espaço bem mais amplo que o antigo, ele agora abriga um número maior de exposições do acervo inigualável de arte americana moderna e contemporânea.  Ele tem uma das mais modernas coleções de pop art do mundo com artistas como Basquiat e Andy Warhol. O prédio foi projetado pelo arquiteto Renzo Piano, possui seis andares, 4.000 metros quadrados de galerias cobertas e 1.200 metros quadrados de espaço para exposições ao ar livre e terraços com vistas para o High Line. Além disso, conta com um restaurante, uma cafeteria, salas de aula, um teatro e outras atividades.

 

lederman-o05a9997-web_2340

 

NEW MUSEUM

Não deixe o nome te enganar — fundado em 1977 por Marcia Tucker, o New Museum foi o primeiro museu dedicado à arte contemporânea após a Segunda Guerra Mundial. Internacionalmente respeitado, ele é considerado um dos principais destinos para novas artes e ideias e sempre tem ótimas exposições. Projetado por arquitetos japoneses, o edifício super moderno possui sete andares, e por fora parece uma pilha de sete caixas retangulares. Quando eu fui estava tendo a exposição do Pipilotti Rist. Confira no site para ver as exposições do momento.

 

 

 

THE MET

Não deixe de conferir as exposições no The Metropolitan Museum of Art. Sede de eventos de gala e caridade, e visto em filmes como o The Thomas Crown Affair, o famoso museu de Nova Iorque sempre tem as exposições mais atuais e diferentes da cidade! O jardim no rooftop é lindo e tem uma super vista do skyline da cidade e do parque, vale visitar! No momento, os que visitarem o museu poderão conferir as exposições: “Native American Pieces”, “Masterworks: Unpacking Fasion” (imperdível), e “Splendors of Koren Art” entre outros.

 

 

COOPER-HEWITT SMITHSONIAN DESIGN MUSEUM

Localizado na Museum Mile, no Upper East Side, o Cooper-Hewitt é parte do Smithsonian Institute desde 1967, e é dedicado exclusivamente ao design (gráfico, de móveis, objetos, etc). O museu é uma das maiores exposições do mundo dedicadas ao Design e a maior dos Estados Unidos. O museu só perde lugar para o museu Victoria and Albert em Londres. A imponente coleção de Cooper-Hewitt atinge mais de 210 mil objetos de design e uma biblioteca de design de primeiro mundo.

 

Ele vale a visita por dois motivos: primeiro porque ele é situado na antiga mansão do magnata Andrew Carnegie na Quinta Avenida, e segundo porque ele é bem interativo! Ao comprar o ingresso você recebe uma “caneta” eletrônica e uma senha. Durante sua visita você utiliza essa caneta para salvar todas as obras que gostar em seu acervo pessoal, acessível depois online com o uso de senha entregue. O conceito de poder acessar todas as informações mais tarde é bem legal! Você também pode salvar as suas criações nas áreas interativas do museu. Por exemplo, o papel de parede que desenhou ou o pôster com sua imagem. É super diferente dos outros museus!

 

 

Como mencionei anteriormente, fazia cinco anos que eu não ia para NYC então tinha muita coisa nova para ver. Montei uma lista com os passeios que eu considerei imperdíveis além dos museus acima. Eles são:

 

9/11 MEMORIAL SITE

Pare para um momento de silêncio em nome das vítimas do ataque de 11 de setembro. O memorial é super bonito e hoje no lugar das torres gêmeas estão dois buracos quadrados de mármore preto, com fontes, e os nomes de todas as vítimas. Impossível não se emocionar.

 

img_4383

 

FREEDOM TOWER – ONE WORLD OBSERVATORY

Conhecido oficialmente como One World Trade Center, o prédio é atualmente o maior edifício de Nova York e o mais alto do hemisfério ocidental, com 104 andares compostos de escritórios, restaurantes e um observatório no topo, além dos 4 andares de subsolo. Localizado ao lado do Memorial, sua construção foi concluída no final de 2014. Recomendo ir logo cedo pela manhã e comprar a entrada antecipadamente online…senão prepare-se para fila! Ahh – eles oferecem também um “priority admission” (a partir de $56) que basicamente dá o direito de furar a fila do raio x! Eu infelizmente não comprei quando fui, mas depois que vi a vantagem achei super válido! O elevador (“sky pod”) que leva ao observatório é um dos mais rápidos do mundo — ele sobe 102 andares em menos de 60 segundos, chega a ser aflitivo! A vista de 360 graus da cidade é maravilhosa. Programa imperdível. Se o dia estiver bonito a vista fica melhor ainda!

 

 

FlyNYON

Falando em alturas, não deixe de fazer esse programa se tiver coragem!! Na minha última viagem aproveitei para fazer um passeio diferente: sobrevoei NYC em um helicóptero sem portas! É uma sensação indescritível de liberdade colocar os pés para fora e voar com eles pendurados e fazer o famoso “foot selfie” com o “concrete jungle” abaixo! O visual é incrível! Fiz o passeio pela empresa FlyNYON, que têm disponível três opções que diferem por duração do voo. Escolhi o mais longo, de 30 minutos, pois era o mais completo — passou por Manhattan inteira, a Estátua da Liberdade, Brooklyn Bridge, etc. A vista é super linda e garante boas fotos, dando a real impressão de voo livre.

 

Vale anotar algumas dicas: as melhores fotos, por incrível que pareça, são as do celular, pois você realmente chega BEM perto dos principais marcos e pontos turísticos da cidade. O zoom não é necessário. Levei a minha lente que tem o zoom maior e me dei mal! Para piorar o meu celular congelou e desligou hahaha mesmo assim as minhas fotos saíram lindas! 🙂 Recomendo também fazer esse passeio durante o verão e a primavera! Fui agora no inverno e CONGELEI – sério! Valeu muito a pena, mas com certeza o passeio no calor deve ser outro!! Afinal, o helicóptero não tem portas, é tudo aberto, com um vento desgraçado!!

 

 

Para você ter uma ideia, você não pode levar nada com você fora sua roupa do corpo, ou seja, nada de chapéu, boné, óculos, etc…a sua câmera ou celular é amarrado no seu arnês para não correr o risco de voar. Além do cinto de segurança, eles também prendem você ao helicóptero pelo arnês que é obrigatório. Mas não se preocupem, tudo é muito seguro e em nenhum momento eu senti medo! Recomendo MUITO!!!

 

 

BOWERY MARKET

O Food Hall “Bowery Market” ocupa o espaço de uma antiga loja de peças de automóvel no bairro Lower East Side. A decoração permanece com um tema industrial e é uma ótima opção para quem busca algo mais rápido e informal. Cada restaurante personalizou o seu espaço com a sua própria identidade. Num dia bonito, sente nos bancos ou nas mesinhas da calçada.

 

slide3

 

HIGH LINE PARK

Passeie pela trilha do High Line de dia ou à noite, sem medo, contemplando a vista de New Jersey e do Rio Hudson.

 

28-dsc_5944

 

WEST VILLAGE 

A Bleecker Street no West Village é super charmosa, arborizada, e com um excelente comércio. Vale passear nessa rua explorando esse delicioso bairro, que é o mesmo que a personagem Carrie de Sex and The City morava. A casa dela fica na Perry Street — fãs da série irão reconhecer de imediato a famosa escadaria! O bairro também é cheio de restaurantes deliciosos.

 

25110ccb56de98aaf45e8fb9796ad8b9

 

TUDOR CITY PLACE 

Para os amantes do pôr do sol fica a dica: o melhor lugar para capturar o sunset na cidade é na ponte de Tudor City Place com a East 42nd Street, ao lado da ONU. Os nova-iorquinos têm até uma hashtag nas mídias sociais (#ManhattanEnge) para compartilhar os lindos cliques feitos pela cidade.

 

lrulwpe

 

CENTRAL PARK

Dispensa apresentações! Passeio clássico de NYC que para mim “never gets old”! É lindo no verão, na primavera, no outono e no inverno! E se engana quem acha que só tem natureza por lá! Aproveite para caminhar pelo Conservatory Garden, ver a fonte e o teto de azulejo do terraço de Bethesda (sempre aparece em filmes e seriados), patinar no gelo no Wollman Rink, fazer um piquenique ou “people watch” no Sheep Meadow, ver a estátua da Alice no Páis das Maravilhas, ir no Central Park Zoo, caminhar pelo Literary Walk (também sempre cenário de filmes), tomar um café no Boathouse ou então tirar uma foto na icônica ponte Bow Bridge.

 

 

“LOVE”

Famosa escultura da icônica obra de pop art do artista americano Robert Indiana. Um dos marcos de Nova Iorque, é parada obrigatória para todo viajante na sua primeira visita à cidade. A escultura fica na esquina da 55th St com a 6th Ave – Avenue of the Americas.

 

Related Posts

Solicitação de reserva

Você optou por receber informações sobre esta viagem

URL:

Voltar